Lipoaspiração para obesidade

Com a crescente epidemia de obesidade, a atual obsessão com a imagem corporal e a perfeição estética, as técnicas de remoção de gordura tornaram-se muito populares,. As lipoaspiração é um procedimento cirúrgico no qual é sugada a gordura de um paciente de distintas áreas do corpo. A lipoaspiração, não é um processo de perda de peso, porque o volume máximo de tecido gorduroso extraído é cerca de 3 litros, mas um procedimento eficaz para eliminar a gordura localizada em áreas que não podem ser eliminadas com dietas e exercícios.

Lipoaspiração

Seria uma maneira perfeita para a redução de gordura quando já foi feito o esforço de perda de peso. Os pacientes que se submetem a lipoaspiração geralmente buscam melhorias estéticas que podem ser complementadas com um plano de perda de peso adequado.

Perda de gordura

A lipoaspiração é a cirurgia que consiste na aspiração de uma quantidade variável de tecido adiposo. Isso resultará na perda de gordura das áreas que foram submetidas à lipoaspiração. Esta diminuição na gordura fará a área parecer mais magra ou menor. Esta perda de gordura pode ser permanente se o peso do paciente se mantem constante. Nesse sentido, a lipoaspiração pode ser a resposta para o problema de redução de gordura de homens e mulheres.

Efeitos cosméticos sobre a pele

A lipoaspiração não afeta nem melhora a elasticidade da pele. Isto significa que para o paciente atingir o tom adequado, dependerá da elasticidade natural da sua pele. Na verdade, a lipoaspiração tende a piorar a aparência desta pele solta nas áreas com pele elástica. Uma das áreas em que ocorre, por exemplo, é quando se faz a lipoaspiração de abdome, que pode ser posteriormente tratada com um procedimento de alongamento da pele no que se remove o excesso de pele após a lipoaspiração. Além disso, a lipoaspiração em uma área muito cheia de ondulações de celulite (casca de laranja) não melhorará a condição e ainda pode piorar a situação.

Lipoaspiração

Efeitos do metabolismo

As pessoas obesas, passando pela lipoaspiração de grande volume de gordura podem ver algumas melhorias em seu perfil metabólico. Terá melhor utilização da glicose, uma melhor sensibilidade à insulina e uma diminuição nas concentrações de ácido úrico.

Riscos da lipoaspiração

A lipoaspiração tornou-se um procedimento comum e é considerada uma pequena cirurgia, porque muitas vezes se faz como procedimento cirúrgico ambulatório de alguns dias em uma clínica. No entanto, o ambiente cirúrgico e a familiaridade do público com a lipoaspiração não elimina o fato de que essa lipoaspiração carrega os mesmos riscos e perigos que acompanham à cirurgia e anestesia geral. Alguns dosriscos da lipoaspiração são:

    • Infecção: é um risco na lipoaspiração como com todos os procedimentos cirúrgicos. Qualquer sinal de vermelhidão na área cirúrgica, pus ou corrimento com mau cheiro dos locais da incisão ou febre devem ser comunicados ao seu médico imediatamente
    • Coágulos de sangue

A cirurgia coloca você em risco de desenvolver coágulos de sangue. Quanto mais tempo você está sob anestesia geral, maior o risco

  • Shok: Uma complicação da anestesia geral durante a cirurgia é por exemplo a pressão arterial baixa. A pressão arterial pode tornar-se perigosamente baixa, causando um Shok
  • Dano nervoso: você pode ter dormência e formigamento, ou dor na área onde a lipoaspiração foi realizada. Esta complicação pode se resolver por si só ou tornar-se um problema permanente.
  • Perfuração de órgãos: um risco que ameaça a vida durante uma cirurgia de lipoaspiração é a perfuração de órgãos. Uma cânula de metal é usada para extrair a gordura durante lipoaspiração e é possível que este instrumento possa perfurar a parede abdominal e danar órgãos tais como o intestino.
  • Hematomas: Os hematomas (contusões) e serotomas (acúmulo de líquido) podem se desenvolver ao realizar a lipoaspiração. É possível que sejam necessários drenos para eliminar o serotoma.
  • Morte: a morte é um potencial risco na lipoaspiração igual que em qualquer cirurgia. Uma pessoa pode sofrer uma parada cardíaca ou respiratória durante e após a anestesia geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest