Bypass Gástrico

by-pass gástrico e outras cirurgias para perda de peso consistem em fazer mudanças no sistema digestivo para ajudar a perder peso usando a limitação da quantidade que se pode comer, reduzindo a absorção de nutrientes, ou ambos. O by-pass gástrico e outras cirurgias de perda de peso são feitas quando a dieta e o exercício não funcionaram ou tem sérios problemas de saúde devido ao peso.

Bypass Gástrico

Existem muitos tipos de cirurgia para perda de peso, o conhecido como cirurgia bariátrica. O by-pass gástrico é um dos tipos mais comuns de cirurgia bariátrica. Muitos cirurgiões preferem a cirurgia de by-pass gástrico porque, geralmente, tem menos complicações que outras cirurgias para perda de peso.

No entanto, todas as formas de cirurgia de perda de peso, incluindo procedimentos de by-pass gástrico são procedimentos maiores que podem representar sérios riscos e efeitos colaterais na saúde. Além disso, devem ser feitas mudanças saudáveis e permanentes na dieta e fazer exercícios regularmente para ajudar a garantir o êxito em longo prazo da cirurgia bariátrica.

Razões para fazer um Bypass Gástrico

O by-pass gástrico é feito para ajudar a perder o excesso de peso e reduzir potencialmente os riscos que ameaçam a vida pelos problemas de saúde relacionados ao peso, incluindo:

  • Doença por refluxo gastresofágico
  • Doença cardíaca
  • Hipertensão
  • Apneia do sono grave
  • Diabetes tipo 2

O by-pass gástrico e outras cirurgias de perda de peso são feitas tipicamente somente depois de ter tentado a perda de peso melhorando a dieta e hábitos de exercício. Não se recomenda qualquer tipo de cirurgia como uma primeira opção para resolver o ganho de peso.

Quem se pode fazer um Bypass Gástrico

Em geral, o by-pass gástrico e outras cirurgias para perda de peso pode ser uma opção para todas as pessoas com excesso de peso, desde que:

  • Seu índice de massa corporal (IMC) seja de 40 ou mais (obesidade extrema).
  • Seu IMC é de 35 a 39,9 (obesidade), e tem um problema de peso grave relacionado com a saúde, tais como o diabetes tipo 2, pressão arterial elevada ou apneia do sono grave. Em alguns casos, também se pode qualificar para determinados tipos de cirurgia para perda de peso se o IMC é de 30 a 34 e tem problemas sérios de saúde relacionados com o peso.

Riscos Bypass Gástrico

No entanto, o by-pass gástrico não é para todos aqueles que têm excesso de peso severo. É possível ter de cumprir certas orientações médicas para se qualificar para a cirurgia da perda de peso. Provavelmente terá acesso um longo processo de seleção para ver se você se qualifica para a cirurgia. Deve estar disposto a fazer mudanças permanentes e levar uma vida mais saudável. É possível que seja forçado a participar em longo prazo em planos de acompanhamento que incluem a supervisão da nutrição, o estilo de vida, o comportamento e as condições médicas.

A cirurgia bariátrica é cara, então, você terá que se consultar o seu plano de saúde para ver se cobre este tipo de intervenções. Normalmente as seguradoras não cobrem este tipo de intervenções a menos que eles sejam para resolver um problema sério de saúde e sempre após um estudo intensivo do caso.

Riscos do Bypass Gástrico

Como com qualquer cirurgia de grande porte, o by-pass gástrico e outras cirurgias de perda de peso têm potenciais riscos para a saúde, tanto em curto prazo e em longo prazo. Os riscos associados ao procedimento cirúrgico podem incluir:

  • Sangramento excessivo
  • Infecção
  • Reações adversas à anestesia
  • Coágulos de sangue
  • Problemas pulmonares ou respiratórios
  • Vazamentos no sistema gastrointestinal
  • Morte

Os riscos em longo prazo e as complicações da cirurgia de by-pass gástrico para a perda de peso variam dependendo do tipo de cirurgia. Estes podem incluir:

  • Obstrução intestinal
  • Síndrome de dumping: diarreia, náuseas ou vômitos
  • Cálculos biliares
  • Hérnias
  • Baixo açúcar no sangue (hipoglicemia)
  • Desnutrição
  • Perfuração uterina
  • Úlceras
  • Vômitos
  • Morte

Preparação para a cirurgia

Se o paciente se qualifica para o by-pass gástrico ou outra cirurgia para perder peso, a equipe de saúde lhe dará instruções sobre como se preparar para o tipo específico de cirurgia. Talvez você precise fazer exames de laboratório e diferentes testes antes da cirurgia. Podem-se aplicar restrições para comer e beber e que medicamento pode tomar. Pode ser necessário iniciar um programa de atividade física e parar de fumar.

Também pode ser necessário planejar antecipadamente a recuperação após a cirurgia. Por exemplo, muitas vezes é necessário obter ajuda em casa, se você acha que vai precisar.

O by-pass gástrico e outras cirurgias para perda de peso são realizados no hospital. É usada anestesia geral, ou seja, durante toda a operação está totalmente inconsciente.

Os detalhes da cirurgia dependerá da situação individual de cada paciente. Algumas cirurgias de perda de peso são feitas com grandes incisões tradicionais, abrindo o abdômen. Hoje, a maioria dos tipos de cirurgia bariátrica é realizada via laparoscópica. Um laparoscópio é um pequeno instrumento tubular com uma câmera anexada. O laparoscópio é inserido através de pequenas incisões no abdômen. A minúscula câmera na ponta do laparoscópio permite ao cirurgião ver e operar dentro de seu abdômen sem fazer grandes incisões. A cirurgia laparoscópica pode fazer a recuperação mais rápida e mais curta, mas não é adequada para todas as pessoas.

A cirurgia costuma demorar horas. Mais tarde, o paciente acorda na sala de recuperação, onde a equipe médica o monitora por se houver complicações. O internamento no hospital pode durar de três a cinco dias.

Recuperação do by-pass gástrico

Após o by-pass gástrico não é permitido comer normalmente por um ou dois dias para que o estômago e o sistema digestivo possam curar corretamente. Você poderá então seguir uma dieta específica por aproximadamente 12 semanas. A dieta começa apenas com líquidos, em seguida, progredindo para alimentos macios e, finalmente, comida regular. Geralmente têm muitas restrições ou limites em termos do que e quanto se pode comer e beber.

Também se fazem revisões médicas frequentes para monitorar a saúde nos primeiros meses após a cirurgia para perda de peso. É possível se fazer os exames de laboratório, exames de sangue e testes diferentes.

Podem ocorrer mudanças no corpo, em como ele reage à perda rápida de peso nos primeiros três a seis meses após do by-pass gástrico, incluindo:

  • Dor no corpo.
  • Sensação de cansado, como se tivesse gripe
  • Sensação de frio
  • Pele seca
  • Perda de cabelo.
  • Mudanças de humor

O by-pass gástrico pode proporcionar perda de peso de longo prazo. A quantidade de peso que é perdido depende do tipo de cirurgia e a mudança de hábitos de vida. É possível perder metade ou mais de seu excesso de peso em dois anos.

Além de perda de peso, a cirurgia de by-pass gástrico pode resolver ou melhorar as condições de ligadas com o sobrepeso, como por exemplo:

  • Doença por refluxo gastresofágico
  • Doença cardíaca
  • Hipertensão
  • Apneia do sono grave
  • Diabetes tipo 2

O by-pass gástrico também pode melhorar a capacidade para realizar as atividades diárias, o que pode melhorar a qualidade de vida.

Se a Cirurgia não funciona

O by-pass gástrico e outras cirurgias para perda de peso nem sempre funcionam tão bem como se poderia ter esperado. Por um lado após ou durante o procedimento poderia sair algo errado. Se um procedimento de perda de peso não funciona ou deixa de funcionar bem, se podem desenvolver problemas graves de saúde. É importante participar de todas as revisões de acompanhamento após a cirurgia para perda de peso. Se notar que não se está perdendo peso ou outras complicações, consulte o seu médico imediatamente.

Também é possível não perder peso suficiente após a cirurgia, mesmo que o próprio procedimento funcione corretamente. Este ganho de peso pode acontecer se as mudanças de estilo de vida recomendadas não forem seguidas. Para ajudar a evitar a recuperação do peso, devem ser feitas mudanças permanentes e saudáveis na dieta e fazer exercício e atividade física regular. Se forem comidos alimentos de alto teor calórico muitas vezes, por exemplo, é possível que a perda de peso não seja alcançada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest