Espasmos nos olhos | Tique no olho

O que são os espasmos nos olhos? Certamente já aconteceu com você de estar sentado, com suas coisas, quando de repente o olho começa a tremer. Este intrigante fenômeno é comum e afeta a milhões de pessoas todos os dias. Para a maioria das pessoas, os espasmos nos olhos não é uma doença grave e geralmente é o resultado de excessiva fadiga ou estresse. Para outros, os olhos com espasmos podem ser o resultado de um distúrbio genético mais grave e que pode levar à irritação crônica ou problemas visuais. O blefaroespasmo é o termo técnico para os olhos com espasmos e é definido como a contração não controlada e episódica do músculo que envolve o olho. Em outras palavras, os espasmos nos olhos são definidos como um pestanejar involuntário anormal ou espasmos das pálpebras. Alguns médicos muitas vezes se referem a essa condição como “desordem do piscar de olhos”. Parece sério, mas muitas vezes não é.

Espasmos nos olhos | Tique no olho

Tipos de espasmos nos olhos

Existem várias formas de blefaroespasmo, alguns mais graves do que outras. A forma mais comum de blefarospasmo é a contração ocasional do olho, embora não seja uma doença grave, para muitos pacientes é simplesmente um incômodo. Alguns pacientes, incluindo aqueles com síndrome de Tourette ou problemas neurológicos podem ter distúrbios de olho que pisca mais grave e que levam à avaliação e tratamento da doença.

Em geral, os pacientes que sofrem desta condição têm sintomas incluindo piscado excessivo acompanhado de irritação nos olhos. Isto pode resultar da exposição a luzes muito brilhantes ou estar muito cansado ou estressado. A frequência com que alguém experimenta espasmos ou tiques nos olhos varia de dia para dia. Algumas pessoas podem notar que os sintomas desaparecem durante o sono e se reiniciam quando acorda.

Causas dos espasmos nos olhos

As causas comuns de tiques nos olhos e irritação da córnea são a falta de sono, stress, fadiga, álcool, distúrbios neurológicos, abuso de cafeína e outras causas hereditárias.

Como mencionado acima, mesmo a ansiedade aguda às vezes pode dar como resultado um tique no olho. Nossos corpos são máquinas capazes de fazer coisas extraordinárias e incomuns às vezes. Contrair os olhos pode ser apenas um sinal de que você tem que tomar um pouco mais com calma as coisas. Não se esqueça, que os espasmos nos olhos é um fenômeno relativamente comum. Pergunte e você vai ver que quase todas as pessoas que você conhece, provavelmente lhe dirá que eles experimentaram tiques nos olhos alguma vez.

O que fazer quando você tem um tique no olho? Sua melhor opção é tentar relaxar. Quanto mais você aliviar a ansiedade, menos provável é que seu olho pisque. Mas, Devo me preocupar com os espasmos nos meus olhos? O blefarospasmo, geralmente não é um caso de preocupação. Está associado com uma função anormal do gânglio basal de causa desconhecida. O gânglio basal é a parte do cérebro responsável por controlar os músculos. Em casos raros, a hereditariedade pode desempenhar um papel no desenvolvimento de espasmos nos olhos. Então é provável que se você experimenta ocasionalmente tiques nos olhos, alguém na sua família também o sofreu. Algumas pessoas acham que o piscar do olho é o resultado de nada mais do que a ansiedade.

meu olho treme

O tratamento dos espasmos/tiques nos olhos

Neste momento, não há uma cura bem sucedida para os tiques nos olhos, embora haja várias opções de tratamento que podem reduzir sua gravidade. Alguns pacientes podem aplicar a terapia com medicamentos para os problemas crônicos dos espasmos no olho, embora a terapia com medicamentos seja muitas vezes considerada uma forma imprevisível de tratamento. No entanto, os pesquisadores estão constantemente trabalhando em novas formas de tratar estes problemas. Nos Estados Unidos e Canadá, por exemplo, a injeção de Botox nos músculos das pálpebras é um tratamento aprovado. O botox, é produzido pelo Clostridium botulinum e paralisa os músculos das pálpebras e, portanto, elimina o espasmo das pálpebras.

Estão disponíveis medicamentos que são tomados por via oral para os espasmos nos olhos, mas tendem a produzir resultados imprevisíveis. O alívio dos sintomas tende a ser de curto prazo e ser útil apenas no 15 por cento dos casos aproximadamente.

miectomia é um procedimento cirúrgico para remover alguns dos músculos e nervos das pálpebras, é também é uma opção de tratamento possível. Esta cirurgia tem melhorado os sintomas em 75 a 85 por cento das pessoas com os olhos com espasmo (blefarospasmo).

Se você sofre de tiques ocasionais nos olhos é provável que não precise de nenhum tratamento específico. No entanto, se seu caso é o resultado de estresse ou ansiedade ou qualquer outra causa não determinada, você deve conversar com seu médico sobre as formas que existem para resolver o problema de forma fácil e segura.

Prevenção dos espasmos nos olhos

A prevenção também é importante para aliviar os espasmos nos olhos. Desde que o estresse pode contribuir para problemas musculares, incluindo os tiques nos olhos ou blefaroespasmo, seu oftalmologista pode trabalhar com você para projetar um programa de redução do estresse. Você pode considerar a participação em cursos e palestras de gestão do estresse, terapia cognitiva ou outras medidas de apoio para lhe ajudar a aliviar o estresse e a ansiedade.

O descanso e o relaxamento muitas vezes resolvem a maioria dos casos leves de espasmos nos olhos. Se você experimenta um caso mais grave é possível que seu médico lhe recomende a terapia com botox ou outros medicamentos. Em casos raros, a cirurgia pode ser recomendada, especialmente se o tique está interferindo com a visão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest